2 comentários em ““Sou católico, mas…”

  1. Olá Vinicius, parabéns pelo Blog…
    Parabéns também pelo post. Sua reflexão vai ao centro do problema.
    De fato o discurso do cristianismo é muito cativante e nos atrai para Cristo, porém muitos querem um cristianismo sem cruz, sem resposabilidade, adaptado ao gosto pessoal.
    O relativismo, tão combatido pelo para Bento XVI, domina as mentes de muitos jovens e adultos católicos.
    Carecemos de uma formação doutrinal, uma formação que dê uma base de sutentação para a fé.
    Concordo inteiramente contigo quando você enfatiza que em nome de uma “pastoralidade” aceita-se que qualquer um assuma uma posição, cargo, e a partir de então, sem nenhuma formação mais consistente, sai pregando ideias completamente contrárias aos ensino da Santa Igreja.
    Enquanto tivermos este tipo de pensamento e de atitude dificilmente sairemos destre quadro deprimente.
    Busquemos sempre a razão verdadeira para fazer e para dizer as coisas.
    Um abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s