6 comentários em “Viagem Itália e Paris – Como foi?

  1. “Duas palavras: Francisco e Clara. Para todo católico visitar os corpos desses dois santos já valeria a ida a essa cidadezinha perto de Roma. Passei apenas um dia em Assis e tive uma experiência muito real da presença de Deus. Sentar, meditar por uns instantes na vida desses dois é algo único. ”

    Já estive em Assis e também em Veneza. Tive as mesmas experiências.

  2. Super-bacana o post! Pretendo ir à Itália daqui a um tempinho, daí irei pedir um monte de dicas.
    Grande abraço!

  3. Oi Vinícius, tudo bem?
    Que delícia acompanhar a sua história de viagem para a Europa. É uma delícia visitar cidades e países novos e me lembro da primeira vez que viajei: embora na época tenha escolhido ficar somente em Paris não parava um minuto: rodava aquela cidade das 8 da manhã até as 10 da noite, e como você não perdia o pique.
    No fim acabei vindo morar na Italia, aqui na Toscana, e fico contente de ver que você visitou várias cidades bacanas por aqui. Eu só não concordo com uma coisa: que a catedral de Siena seja mais bonita. Sou suspeita, mas para mim o Duomo de Florença é uma das igrejas mais extraordinárias que já vi, seja por fora – com a sua imponência, como por dentro – em pleno espírito do renascimento. Mas o belo de viajar é que a gente pode começar a formar uma opinião própria sobre cada lugar, né?
    Sobrou tempo para fazer umas comprinhas? A cada vez que meus amigos vem me visitar, pedem para eu levá-los até o The Mall, um dos outlets mais vips da Toscana e, diria, de toda a Italia (www.themall.it).
    Bem, passei só para dar um oi. Qualquer dúvida sobre a Italia passa lá no meu blog BRASIL NA ITALIA!
    Abs
    Barabra

  4. Ola Vinícius. Muito bom este post sobre as cidades italianas. Em outubro, vou p/ a Itália e muitas destas cidades na qual você comentou. Quero saber de tu, como foi estes dias nas cidades sobre a segurança. Podia camaninhar normalmente a noite e ainda mais, podia carregar máquina fotográfica e registrar momentos, monumentos e tudo mais sem muita preocupações? Sei que existe muitos locais onde se é proibído fotografar, mas nos locais que podem quero registrar todos. Como estarei indo sozinho, sei que o cuidado se torna ainda mais precioso, mas queria saber de pessoas que estiveram pouco tempo por la como anda neste aspecto.
    Parabéns pelo post.

  5. Bárbara, realmente, a Catedral de Florença é maravilhosa, mas por dentro eu continuo achando a de Siena mais bonita. Nessa viagem eu quase não fiz compras. meu objetivo principal era conhecer os pontos turísticos e os museus. Obrigado pela dica do The Mall. A próxima vez que eu visitar a Toscana já está na lista. obrigado pela visita e pelos comentários. Visitarei teu blog sim! ;D

  6. Érik, eu me senti extremamente seguro em todos os momentos. Inclusive, como fui sozinho, tive a liberdade de pedir que outras pessoas tirassem fotos com meu smartphone e também não lacrei a mala nos hostels nenhum dia. Quanto a poder tirar fotos, depende do museu. No Louvre pode tirar em algumas áreas, nos Museus Vaticanos não permitem na Capela Sistina, mas o grande problema é o flash mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s