Leiômetro

Photobucket

No ano passado criei aqui no blog o chamado “Leiômetro”. A ideia do leiômetro é medir a quantidade de  leituras pessoais para que este índice me incentive a aumentá-lo cada vez mais. Afinal, um bibliotecário que não lê é como um padre sem oração: faz o que deve, mas nunca com a devida profundidade.

Para criar o leiômetro quis tomar por base a recente pesquisa Retratos da Leitura no Brasil recomendada pelo Instituto Pró-Livro ao Ibope. Esta pesquisa constatou que:

1- Os brasileiros (incluindo os estudantes e seus livros didáticos obrigatórios) leem cerca de 4,7 livros por ano;

2- A leitura feita por pessoas que não estão mais na escola ficou em 1,3 livros por ano;

3-O público entre 12 e 13 anos chega a ler 8,6 livros por ano;

4-A região que mais lê no Brasil é a Sul com cerca de 5,5 livros lidos por habitantes/ano;

5- As mulheres lêem mais que os homens – 5,3 contra 4,1 livros por ano.

Estes foram os pontos que achei mais interessantes. Para começar, peguei a média brasileira de 4,7 livros ao ano (incluindo didáticos) como base. Afinal, é vergonhoso saber que fora os livros didáticos o brasileiro lê menos de 2 livros por ano.

Este índice não leva em conta o número de páginas – o que é uma pena – mas no leiômetro do Sentinela no escuro levarei em conta este critério.

No ano passado participaram desta sadia competição grandes leitores que tive a oportunidade de postar aqui no blog. Nominalmente: Djane Brandalise (Curitiba), Cleiton Robson (Brasília) e Diego Duarte (Brasília). Até a última atualizaçã0 em mead0s de novembro já tinhamos contabilizado juntos exatas 24.416 páginas lidas  ou 54 livros. Meu índice foi de pouco mais de 3188 páginas – bem pouco perto dos outros competidores – confesso.

Nesse ano, já estou preparado para mais uma jornada pelo mundo dos livros. Mais uma vez, todos estão convidados a participar. Para tanto, basta preencher o formulário abaixo com os títulos dos livros lidos desde 01 de Janeiro deste ano. Isso vai ajudar a mim e a quem participar, pois nos incentivará a dedicarmos mais tempo a leitura que a coisas supérfluas. Quem topa?

Atualizações Todo Primeiro domingo do mês.

8 comentários em “Leiômetro

  1. Pingback: Leiômetro – Sentinela no escuro (Atualização I) « Sentinela no escuro

  2. Pingback: Leiômetro – Sentinela no escuro (Atualização II) « Sentinela no escuro

  3. Pingback: Leiômetro – Sentinela no escuro (Atualização III) « Sentinela no escuro

  4. Pingback: Leiômetro – Sentinela no escuro (Atualização IV) « Sentinela no escuro

  5. Eu não participei do leiômetro no ano passado porque perdi a conta dos livros que li, e, quando descobri seu blog, não conseguia mais lembrar de todos.
    Queria participar agora com os de 2012, mas já começo com uma dúvida: Os livros que eu comecei a ler no ano passado e estou terminando agora em 2012 contam?
    Abraços

  6. Haha, gostei da ideia. Mas já li muito desde o começo do ano… Em 2013 talvez dê pra participar.

  7. Pingback: “Desligue a televisão” e leia isto! « Sentinela no escuro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s