Leiômetro

Photobucket

No ano passado criei aqui no blog o chamado “Leiômetro”. A ideia do leiômetro é medir a quantidade de  leituras pessoais para que este índice me incentive a aumentá-lo cada vez mais. Afinal, um bibliotecário que não lê é como um padre sem oração: faz o que deve, mas nunca com a devida profundidade.

Para criar o leiômetro quis tomar por base a recente pesquisa Retratos da Leitura no Brasil recomendada pelo Instituto Pró-Livro ao Ibope. Esta pesquisa constatou que:

1- Os brasileiros (incluindo os estudantes e seus livros didáticos obrigatórios) leem cerca de 4,7 livros por ano;

2- A leitura feita por pessoas que não estão mais na escola ficou em 1,3 livros por ano;

3-O público entre 12 e 13 anos chega a ler 8,6 livros por ano;

4-A região que mais lê no Brasil é a Sul com cerca de 5,5 livros lidos por habitantes/ano;

5- As mulheres lêem mais que os homens – 5,3 contra 4,1 livros por ano.

Estes foram os pontos que achei mais interessantes. Para começar, peguei a média brasileira de 4,7 livros ao ano (incluindo didáticos) como base. Afinal, é vergonhoso saber que fora os livros didáticos o brasileiro lê menos de 2 livros por ano.

Este índice não leva em conta o número de páginas – o que é uma pena – mas no leiômetro do Sentinela no escuro levarei em conta este critério.

No ano passado participaram desta sadia competição grandes leitores que tive a oportunidade de postar aqui no blog. Nominalmente: Djane Brandalise (Curitiba), Cleiton Robson (Brasília) e Diego Duarte (Brasília). Até a última atualizaçã0 em mead0s de novembro já tinhamos contabilizado juntos exatas 24.416 páginas lidas  ou 54 livros. Meu índice foi de pouco mais de 3188 páginas – bem pouco perto dos outros competidores – confesso.

Nesse ano, já estou preparado para mais uma jornada pelo mundo dos livros. Mais uma vez, todos estão convidados a participar. Para tanto, basta preencher o formulário abaixo com os títulos dos livros lidos desde 01 de Janeiro deste ano. Isso vai ajudar a mim e a quem participar, pois nos incentivará a dedicarmos mais tempo a leitura que a coisas supérfluas. Quem topa?

Atualizações Todo Primeiro domingo do mês.

9 comentários em “Leiômetro

  1. Pingback: Leiômetro – Sentinela no escuro (Atualização I) « Sentinela no escuro

  2. Pingback: Leiômetro – Sentinela no escuro (Atualização II) « Sentinela no escuro

  3. Pingback: Leiômetro – Sentinela no escuro (Atualização III) « Sentinela no escuro

  4. Pingback: Leiômetro – Sentinela no escuro (Atualização IV) « Sentinela no escuro

  5. Eu não participei do leiômetro no ano passado porque perdi a conta dos livros que li, e, quando descobri seu blog, não conseguia mais lembrar de todos.
    Queria participar agora com os de 2012, mas já começo com uma dúvida: Os livros que eu comecei a ler no ano passado e estou terminando agora em 2012 contam?
    Abraços

  6. Haha, gostei da ideia. Mas já li muito desde o começo do ano… Em 2013 talvez dê pra participar.

  7. Pingback: “Desligue a televisão” e leia isto! « Sentinela no escuro

  8. SOBRE ESTE ARTIGO E O COMENTÁRIO DE UM LEITOR CHAMADO JOPA.

    O protagonismo da família na luta contra a homossexualidade

    Encontrei um texto excelente sobre a mudança da condição homossexual (em inglês). Meu objetivo inicial era resumi-lo, pois é enorme, mas o texto é tão interessante, tão rico, que acabei resumindo muito mal, confesso./
    ………………………….
    01-Jopa, vc não sabe. Mas vou te contar para honra do Deus vivo! Eu estava passando uma crise terrível, atacado profundamente pelas forças da espiritualidade kundaliana a qual estava querendo me escravidão nas suas teias.Na verdade, eu já estava, mesmo com todas minhas forças e argumentos No Ressuscitado, todo enredado e entregue às forças da espiritualidade gnóstica, ainda que a combatesse. Neste dia, tudo já estava perdido. Eu estava entregando os pontos e seria então um escravo desta força kundaliana. Eu não tinha mais forças e senti que absolutamente tudo estava com ódio de mim, até Deus e então eu me entreguei às forças da kundalini. Está força é sexual e bissexual. Eu já ia praticar o homossexualismo. O dia inteiro eu procurei uma forma de praticar isto com qualquer um que quisesse. Encontrei uns mas as coisas não estavam dando tão certo. É como se eu quisesse me matar e não estivesse encontrando o meio disto. Isto começou às 7 há da manhã e, quando nada tinha dado certo ainda para eu praticar, eu fui procurar na internet se.
    ………..

    02-… se alguém quisesse. se satisfazer em mim. Acessei uns sites homox e, não me lembro certo como vim ler este artigo que havia anexado durante o dia mas não lera. E no fim do artigo que nem li todo estava seu comentário a um certo Vinícius. Não posso afirmar jamais que este seu amigo algum dia leu seu comentário tão angustiado por ele mas cheio de esperança na misericórdia divina. Então, aí entra eu. Ao ler, meus olhos se abriram na parte que você clama a misericórdia para vc e todos. EU TOMEI COMO PARA MIM SUAS PALAVRAS AO SEU AMIGO E FUI LIBERTO NA HORA DAQUELA TORMENTA CEGA QUE ME DOMINAVA. Eu pensei: então ainda há uma chance e cri na MISERICÓRDIA DE DEUS PARA MIM. Meus olhos se abriram e eu saí daquele transe. Imediatamente recobrei meu juízo e louvei à Deus pela salvação da minha mente. Dou este testemunho para Glória de Deus que lhe usou ainda que fosse para seu amigo Vinícius que não conheço. Obrigado. Deus lhe pague.Que esta misericórdia alcance seu amigo Vinícius como me alcançou. Sua oração não foi em vão: Deus usou para mim. Abr do amigo David

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s